Magazine Luiza estrutura social commerce no Orkut e Facebook

magazine-voce-social-commerce

Falar de e-commerce e Magazine Luiza exige abordar alguns pontos que transcendem o conceito de venda pela Internet do senso comum (aquela venda com carrinho, check out e entrega via Sedex).

A empresa leva a web em seu DNA: está no TOP 5 de lojas virtuais no Brasil, aumentou em 50% seu faturamento por esse canal de venda em 2011 e não usa ERP para vendas físicas – usa o sistema do seu e-commerce. É isso mesmo! Se você comprar uma geladeira na loja física, o vendedor faz login no e-commerce e realiza a venda para você.

Outra coisa interessante é a preocupação da varejista com os fóruns no Orkut e sua maneira de tomar decisão com base em social media. O blog da Lu é um modelo de SAC 2.0 perfeito, criado para fornecer conteúdo sobre produtos.

Essas vertentes se uniram e deram origem à uma diretriz pouco conhecida: o social commerce, estruturado na forma de aplicativo para o Orkut e Facebook, os notórios O-commerce e F-commerce. O projeto Magazine Você tem metas para alcançar: um milhão de novos consumidores em nove meses. Ousado?

Segundo pesquisa divulgada pela revista Exame, 85% dos acessos à Internet no Brasil tem como destino as mídias sociais e 70% dos consumidores procuram a opinião de conhecidos para comprar. Eis que temos uma nova modalidade de negócio, o C2C, venda de consumidor para consumidor.

 

Social Commerce Magazine Luiza no Orkut e Facebook

 

No Magazine Você, os donos das lojas – aqueles que adicionaram o aplicativo ao perfil – ganham entre 2,5% e 4,5% de comissão por produto vendido aos amigos nas redes sociais.

Esses vendedores poderão personalizar as lojas com seus nomes, como no meu caso, a Magazine Camila. Na loja posso escolher quais produtos inserir na vitrine e customizar minha magazine. Todos os processos operacionais (compra, cobrança, entrega e pagamento) ficam com a Magazine Luiza e um sistema de TI rastreia a procedência do comprador para pagar a comissão.

Legal mesmo é a estratégia de Comunicação Integrada, que foca na mulher que busca incrementar a renda sem sair de casa, podendo dedicar mais tempo ao cuidado da família e de si mesma. Segmentação para o público alvo bem pertinente, não é?!

 

Post sobre o Magazine Você e social commerce

 

Para saber mais, confira o vídeo que explica o projeto, retirado do Canal Magazine Luiza no Youtube:

 

Camila Renaux

Camila Renaux

Consultora de Marketing Digital em Blumenau (SC), especialista em Marketing e em Gestão de Negócios Interativos. Novas mídias, inovação e plataformas interativas fazem parte da sua rotina, assim como o planejamento e a elaboração de estratégias digitais - e suas métricas.

Comentários

  1. maycon disse:

    na sua opnião você acha que é viavel para min montar a loja virtual, venderia mesmo ?

    • Camila Renaux Camila Renaux disse:

      Oi, Maycon!

      Tudo bem?

      As ferramentas estão aí, mas sozinhas não são garantia de sucesso! O mais importante é planejar suas ações e delimitar estratégias pertinentes ao seu objetivo.

      Abraços,
      Camila

  2. Roberta Lopes disse:

    Só consigo vender no facebook?
    Só quem tem facebook pode comprar?

    Grata.

    • Camila Renaux Camila Renaux disse:

      Oi Roberta!

      Sim, segundo a mecânica do aplicativo de social commerce da Magazine Luiza, as relações comerciais se dão dentro do Facebook. Nesse caso, só quem tem perfil no Facebook compra e só quem instalou o aplicativo e montou a loja, vende. Se tiver dúvidas, envie um e-mail para contato@marketingdrops.com.br :)

Deixe uma resposta