Inbound Marketing – o que é isso?

inbound marketing para empresas

Inbound Marketing (IM) é um termo técnico para aquele ditado que diz: cuide de seu jardim ao invés de correr atrás das borboletas.

O símbolo do IM é um imã, já que o foco é gerar conteúdo interessante e relevante para que sua marca seja encontrada por seus clientes e potenciais clientes. Ao invés de gritar sua mensagem aos quatro cantos e aguardar pela aproximação do mercado, as práticas de IM atraem clientes altamente qualificados. É segmentação total! Uma mudança radical, não é? Estratégias assim enfraquecem quem tem medo de posicionamento – lembre-se: quem tenta agradar a todos, não consegue agradar ninguém – e aqueles que abusam de técnicas pouco direcionadas e que se intrometem na vida das pessoas como o telemarketing ativo, anúncios, pop ups, propagandas na TV, spam, etc. É ir além do opt in (Marketing de Permissão, quando o cliente aceita receber qualquer coisa da empresa) e demonstrar que quem ensina vira referência de inovação, alcança o topo das buscas e, como não podia deixar de ser, vende mais.

Para entrar nessa vertente, você vai precisar dos seguintes ingredientes:

Conteúdo: ensine seu cliente sobre seu mercado: dê dicas, monte tutoriais, crie uma wiki, faça manuais, monte um blog, estruture e-books, crie vídeos ensinando-os a mexer em seus produtos. A moeda de hoje é informação. Mostre que a sua empresa não tem medo de compartilhar conhecimento. Levante essa bandeira!

SEO: a otimização para mecanismos de busca ou Search Engine Optimization (SEO) é estrela dessa vertente. Os clientes não passam mais horas ao telefone ligando para quem possa ajuda-los. Entram no Google e digitam aquilo que precisam saber. Facilite aos clientes em potencial encontrar o seu conteúdo. Uma dica é otimizar seu site para melhor se posicionar nos resultados das buscas, onde a maioria dos consumidores começam o processo de compra. Quem gera conteúdo e está engajado nas mídias sociais já ganha pontos importantes que o lançarão para o topo nas buscas, mas usar outras estratégias é importante. Dedicarei mais posts ao tema :)

Mídias sociais: viralizam o conteúdo e aproximam a empresa dos clientes, afinal, você precisa conhecer as dúvidas do mercado e estar perto de quem precisa da sua ajuda. Algumas mídias sociais são o veículo para ensinar/informar, como o Scribd, Slideshare, a Wiki, blogs, etc.

Vontade: sua equipe está pronta para isso? Sua empresa acredita nisso? Aqui o que vale não são as contas estratosféricas cheias de cifras das grandes agências e sim, o engajamento da empresa. Eu poderia dizer que social media se faz “de graça”, já que não há custo para montar um perfil no Twitter, por exemplo. Mas a verdade é que Inbound Marketing toma tempo e você vai precisar dedicar algumas horas a isso. Bem, tempo é dinheiro!

Esta é uma grande oportunidade para empreendedores e pequenas empresas! Aqui, todos são iguais. Na gestão do conhecimento, fica viável competir com quem é grande, já que muitas vezes, quem é pequeno sabe mais.


Camila Renaux

Camila Renaux

Consultora de Marketing Digital em Blumenau (SC), especialista em Marketing e em Gestão de Negócios Interativos. Novas mídias, inovação e plataformas interativas fazem parte da sua rotina, assim como o planejamento e a elaboração de estratégias digitais - e suas métricas.

Comentários

  1. […] Sem dúvida, é um plus para a presença digital, especialmente para aquelas que apostam no Inbound Marketing como diferencial […]

  2. […] as técnicas de Inbound Marketing podem ser utilizadas, fazendo com que a empresa seja encontrada por potenciais clientes que buscam […]

  3. […] busca orgânica (SEO), gestão e estratégia de links patrocinados – e lá vem conteúdo, Inbound Marketing, compreensão de concorrência pelo clique e tantas variáveis que podem – e devem – […]

  4. […] alguns posts atrás expliquei o que é Inbound Marketing e como essa vertente pode ser o diferencial da sua marca. É uma maneira de fornecer inteligência […]

Deixe uma resposta