Como ajustar a estratégia para as mudanças no Facebook

facebook logo

No último post entendemos como funciona o foco de atenção dos usuários em mídia sociais através de heat maps de navegação. Todos ficaram curiosos sobre os resultados na nova timeline do Facebook, que tem um padrão de leitura em zigue-zague, já provavelmente essa modificação levou em conta o comportamento do usuário, que hoje pode olhar dois posts onde antigamente só via um. Mas essa não foi a única mudança, o Facebook mudou também a forma de apresentar as atualizações em seu feed.

Essa mudança significa uma coisa crucial para as marcas no Facebook: A vida útil de uma atualização de status está diminuindo, e rápido.

Entenda os critérios

O Facebook apresenta o conteúdo baseado em um algoritmo chamado EdgeRank. Em suma, este algoritmo decide o que é mais importante no Facebook tendo em conta: páginas e perfis que o usuário frequenta, popularidade o quanto o post é recente.

Confira a definição de cada um dos critérios utilizados pelo EdgeRank, segundo Ique Muniz:

  • Afinidade: determinado pelo número de interações realizadas entre um usuário ou uma fan page. Visitar uma página, Curtir, comentar ou visualizar fotos dá pontos positivos no EdgeRank neste quesito.
  • Peso: o conteúdo publicado e compartilhado deve ter relevância para os demais que me acompanham. Quando se divulga algum link ou comentário, são esperados likes e opiniões sobre a postagem. Quanto maior este feedback, melhor para o EdgeRank.
  • Tempo: um fator natural, pois ninguém quer ficar lendo notícias e posts antigos. Se você deixar de atualizar, também deixará de ser visto pelos seguidores e amigos, pois o feed do Mural prioriza as postagens mais recentes.

Quer conhecer o EdgeRank da sua marca do Facebook? Confira no EdgeRank Checker :)

Use o News Feed de modo estratégico

De acordo do o encurtador de URLs bit.ly, o prazo de validade de um link no Facebook é de aproximadamente 3,2 horas. Provavelmente, a partir dessa mudança, o tempo de vida de um link irá cair. Como os profissionais de Marketing podem agir para minimizar esse impacto? Conhecendo os melhores horários para postar conteúdo!

Teste o compartilhamento de conteúdo em um horário diferente todos os dias durante uma semana para identificar a que hora os seus posts tiveram o melhor desempenho. Verifique o Facebook Insights (http://www.mestreseo.com.br/facebook/novo-facebook-insights-esta-disponivel) e defina o período ideal para a sua marca.

Segundo o AddThis, um serviço de compartilhamento, a maioria dos usuários clicam em um link dois minutos depois que o conteúdo é compartilhado. Garanta que você está postando exatamente quando o público está no Facebook.

Defina a freqüência e qualidade de posts

Repense o conceito de spammer para aqueles que estão publicando mais de uma vez por dia, afinal, o seu conteúdo será rapidamente substituído pelas toneladas de atualizações dos seus concorrentes. No entanto, não deixe que isto diminua a qualidade de suas atualizações. Se o seu público alvo está navegando pelo Facebook durante o dia inteiro, vale a pena testar atualizações de duas em duas horas. O importante é quebrar paradigmas, típicos de tempos de mudança.

Você precisará de  conteúdo de qualidade e de tempo. Se o novo Facebook está pedindo atualizações mais de uma vez por dia, você precisa produzir conteúdo relevante para suprir essa demanda. Considere investir em  automação para social media para otimizar o máximo do seu tempo. Este post ensina a agendar posts no Facebook através de aplicativos.

Mais é mais

Atividade recente é fator chave! A quantidade e qualidade estão se igualando em importância. Contar com mil lovemakers é melhor do que contar com 2 mil fãs pouco engajados? Essa virou uma zona nebulosa para os estrategistas em mídias sociais. Lembrando: se você tiver o dobro de fãs terá o dobro de chances de alcançar novos fãs.

Pessoalmente, considero essa uma mudança arriscada e um pouco desnecessária para as marcas, que terão que gastar mais recursos (tempo, dinheiro e pessoas) para atingir o mesmo resultado. Já o Facebook, um negócio baseado em mídia, tem muito a ganhar com as mudanças implementadas. A pressão dos novos entrantes (Google+) pode ter impactado muitos dos movimentos da rede social, cujo objetivo é aumentar o tráfego e a freqüência das interações.

Uma vitória para todos é a consolidação das opções de métricas no Facebook, que vão comprovar resultados e orientar as ações por indicadores de performance. No final, o que realmente importa é o resultado!

Camila Renaux

Camila Renaux

Consultora de Marketing Digital em Blumenau (SC), especialista em Marketing e em Gestão de Negócios Interativos. Novas mídias, inovação e plataformas interativas fazem parte da sua rotina, assim como o planejamento e a elaboração de estratégias digitais - e suas métricas.

Comentários

  1. […] o número de publicações por dia, diminui a interação! Já sabemos que posts frequentes são importantes para o EdgeRank, mas segundo a Track Social, quando uma marca publica duas vezes ao dia, a segunda publicação […]

  2. […] de notícias, juntamente com as postagens de amigos. Isso tem muita lógica quando pensamos nos ajustes da estratégia devido ao EdgeRank, que já foi explicado aqui no Marketing Drops, já que vai garantir que essas histórias patrocinadas apareçam efetivamente no newsfeed de seus […]

  3. […] conteúdo publicado no Facebook tem uma vida útil muito mais longa do que no Twitter, mas algumas mudanças fizeram o Feed de Notícias mover-se mais rápido para os usuários. O Edgerank – uma espécie de PageRank do Facebook – apresenta publicações baseadas em uma […]

Deixe uma resposta