Comunicação, Microsoft na Veia e o Poder do Compartilhe

microsoft

De uns tempos para cá, um novo movimento da Comunicação Integrada Microsoft vem atraindo a atenção dos profissionais de Marketing Interativo. Em uma estratégia clara de deixar sua imagem mais cool, a Microsoft tem investido em comunicação alinhada à conceito. O desenvolvimento de produto acompanhou e deu o tom da estratégia central, está aí o tablet Surface para comprovar.

O vídeo para TV do IE9, veiculado na TV aberta e paga, é o tipo de comercial conceitual que faz brilhar os âmagos publicitários de cada um de nós. Confira:

Uma iniciativa sensacional foi o projeto em parceria com a banda The XX (no post do Brains9 você encontrará os detalhes do projeto). Além do apelo publicitário, existe algo muito importante nessa campanha: ela nos faz pensar sobre o poder do share, especialmente em redes sociais. Enquanto o usuário ouvia, via streaming, o som do disco Coexist, podia acompanhar a “viagem” dos compartilhamentos ao redor do mundo. O interessante é que a plataforma permitia apenas um compartilhamento por pessoa! Você já havia parado para pensar no poder que um simples compartilhe tem?

Outra vertente da Comunicação Integrada que a Microsoft utiliza é a figura do Relações Públicas, evangelizadores da marca que falam oficialmente, em nome da própria Microsoft. Essa estratégia também aparece no cuidado com a “Comunidade Microsoft“, que possui até badges para designar esses profissionais, os MVPs (Most Valuable Professionals) – um título que não se obtém fazendo provas. Os MVPs são escolhidos em meio à comunidades de usuários, por terem destaque pelo conhecimento técnico e também por serem atenciosos e generosos, contribuindo para a comunidade técnica sem esperar nada em troca.

Nos tempos de Bill Gates, essa estratégia começou a servir de benchmarking para outras empresas, que compreenderam a importância da figura do líder frente à comunidade e frente aos usuários.

Além do presidente da empresa, que hoje é o carismático Steve Ballmer, outros profissionais formadores de opinião são usados como relações públicas pela Microsoft, chamados de Technical Evangelists. Esse profissional é um porta voz da empresa e sempre fala de forma oficial, humanizando a marca.

Para entender melhor a aplicabilidade desse conceito, recomendo o Podcast #1 Microsoft na Veia, um bate papo que traz o technical evangelist Fabio Hara para conversar com especialistas da área de produto da KeepIT Informática – uma parceira de negócio da Microsoft. Segundo a KeepIT, o podcast Microsoft na Veia faz parte de um projeto maior que levanta a bandeira Microsoft.

No podcast são discutidas novidades sobre Windows Server 2012 e também são compartilhadas informações para aqueles que não acompanharam os Eventos IT Camp – outra estratégia matadora de comunicação da Microsoft, focada na comunidade que está em formação.

podcast-microsoft-na-veia

 Para fechar o post, vamos acompanhar o vídeo com apelo viral do lançamento do Windows 8, outra produção que merece nossa atenção em uma estratégia de lançamento de produto:

Autobel no Facebook > entenda a ação

autobel no facebook

O Marketing Drops já “desvendou” algumas ações muito legais no Facebook, como a Timeline Antidrogas e Take this Lollipop. A primeira, incrivelmente simples e criativa, no maior estilo baixo custo. A segunda, irresistivelmente bem elaborada, contou com orçamento muito mais volumoso.

A ação de hoje surpreende pela simplicidade da mecânica e faz qualquer profissional de Marketing refletir: “Por que eu não pensei nisso antes”?

A Autobel, uma concessionária da Volkswagen do Mato Grosso do Sul, deu show de criatividade ao elaborar a ação, que tinha como objetivo promover a FanPage da empresa:

1. Criou um álbum com fotos dentro da página chamado “Você na Autobel”
2. Cada foto é parte de uma animação, tipo aqueles caderninhos do início dos estúdios Walt Disney
3. A legenda, minimalista, pede: use a seta do teclado para visualizar o álbum
4. O espectador assiste, meio impressionado, à um “vídeo” de alguém que vai até a concessionária comprar um novo carro.

açao no facebook

Também ficaram curiosos? Aqui está a chance de experimentar!

Nike House of Innovation – branding e experiência

nike-branding-marketing-drops

Não é de hoje que a Nike dá show na hora de realizar ações que combinem elementos com o objetivo de reforçar o branding. O modelo de negócio Nike já deixa isso claro, a competência da empresa é baseada em três pilares: Marketing, Design e Inovação.

Já falamos sobre as excelentes campanhas de Marketing Esportivo da Nike no Marketing Drops e o case de hoje fala de outra vertente estratégica para a marca: o Ponto de Venda (PDV).

Em conjunto com a varejista inglesa Selfridges, a marca aproveitou o clima de Olimpíadas e a sport vibe da cidade de Londres para gerar experiência de marca de verdade. Dentro da loja, os “atletas de todos os dias” participavam de desafios, competições, exposições e tinham a chance de estar em ambientes de teste de produtos totalmente exclusivos.

O digital estava lá para dar uma força – sensores captavam os dados que eram transmitidos em um telão e também podiam ser compartilhados em redes sociais.

Para os céticos em investimento de Marketing focado apenas em branding, a glória: A ação era de venda também! O produto? Nike FuelBand, a pulseira da marca que mostra dados sobre treinos (dança, caminhada, corrida, basquete, etc.) em smartphones. A partir dela é possível acompanhar seu progresso na atividade, compartilhar resultados com amigos em redes sociais e traçar desafios e metas.

Se você tem um case de experiência de marca pra contar, compartilha com a gente! :)

Share a Coke > entenda a ação

share a coke

Uma das coisas mais comuns para o dia a dia de um profissional de Marketing é ouvir comparações com a Coca Cola. Nenhuma comparação com a marca é possível. São anos de publicidade estratégica, muito investimento, branding perfeito e um produto ícone. Mas nem tudo são flores na vida da Coca Cola Company!

Um produto em declínio em tempos de vida saudável levaram a Coca Cola Co. a investir na compra de empresas com marcas reconhecidamente naturais – como a Sucos Del Valle e a Matte Leão. Segundo uma pesquisa australiana, 50% dos jovens não tomaram Coca Cola no último mês! Quantos milhões de litros de refrigerante representam 1% de market share? Na ponta do lápis, até mesmo um produto ícone tem motivos de sobra para preocupação.

Foi em meio à esse cenário que a Coca Cola Austrália desenvolveu a ação Share a Coke! Qual a palavra mais popular entre o target? SHARE! Ou em português, compartilhe. E se o Jack compartilhar uma Coca Cola com a Jane? Estava ali a sacada criativa! Os jovens não compartilham mais refrigerantes, mas encontram-se virtualmente, para compartilhar muitas coisas, lá no Facebook!

Um ponto interessante é a sinergia com o comportamento do consumidor: a vaidade da geração Y é ingrediente importante desse ação. Esses jovens são hedonistas (buscam diversão em tudo) e consideram o próprio nome muito mais fantástico do que qualquer outro!

 

Entenda a ação:

1. Pesquisa de Mercado: Uma pesquisa foi encomendada para mapear os 150 nomes mais populares entre o público alvo (faixa etária dos 20 aos 25 anos), na Austrália.

2. Ponto de Venda: Os nomes mais populares foram impressos em lotes de Coca Cola, distribuídas em pontos de venda estratégicos. Ao invés da logo Coca Cola, apareciam nomes de pessoas comuns, conforme apontou a pesquisa.

3. Facebook: A FanPage australiana ganhou URL e aplicativo. Ali são exibidos os nomes mais populares – é impossível resistir a procurar o seu – e também pequenos teasers, anúncios em vídeo que mostram o estilo de vida de cada um dos nomes, ou seja, quem está por trás desse nome – criando vínculos fortes de identificação com o consumidor. No aplicativo, era possível customizar uma latinha com o nome de seu amigo(a) e compartilhar no Facebook. Recomendo a visita! O aplicativo também mostra as diferentes facetas da vida de uma pessoa com o nome da campanha “Share a Coke with…”  e frases de efeito como “Josh pulando, Josh feliz, Josh com amigos” em fotos marcantes, o que reforça o quanto somos sensíveis à imagens de outros seres humanos em situações simplesmente comuns e cotidianas, mas felizes.

4. Vimeo e Youtube: As redes virais de  vídeo ganharam edições milimetricamente pensadas para viralizar. Em um deles, a campanha é explicada como um todo. Em outros, as pessoas – ou os nomes – é que ganham o posto de protagonista. São os mesmos teasers que aparecem na Fan Page, dando unidade à comunicação. Ah, o vídeo de agradecimento (que virou moda entre muitas marcas) também está lá.

5. Outdoor Interativo: um outdoor que processava mensagens de celular foi instalado em Sydney. Lá os usuários enviavam SMSs com seus nomes, que apareciam no outdoor, juntamente com a frase: “Share a coke with…”. Fantástico, não é?! A campanha também contava com mídia tradicional como TV, rádio, revista e jornal.

 

Chocolate Drops

É páscoa no Marketing Drops! O que pode ser melhor para comemorar do que um post dedicado ao chocolate? Hora de conferir nossa deliciosa seleção de ações de Marketing de Guerrilha:

Piscina de Chocolate

O chocolate Squares usou a diversão como conceito criativo para essa campanha viral. Uma piscina cheia de chocolate – mais precisamente uma mistura de amido de milho e corantes – com textura quase elástica, onde era possível pular e dar cambalhotas. Confesso que achei a ideia meio nojenta no início, mas depois acaba sendo realmente divertido. A marca usou o Facebook como canal de interação, em sua FanPage  era possível escolher se o grupo deveria atravessar a piscina de skate, bike ou pernas de pau.

Outdoor de Chocolate

A inglesa Thorntons criou um outdoor de chocolate, especialmente para comemorar a Páscoa. Essa delícia foi instalada em Londres, onde ficavam os mais de 350 quilos de chocolate utilizados para dar forma à peça, que levou 3 meses para ser produzida.

 

outdoor-de-chocolate

Mídia Exterior de Chocolate

A fachada de um prédio de esquina foi transformada em bolo recheado com chocolate, super fofinho e apetitoso, graças ao fermento Royal. A ação é da JWT de Curitiba. Diferente do outdoor de chocolate, essa ação ganha pontos pela simplicidade e baixo risco.

chocolate-midia-externa

 

 Cinema de Chocolate

Quem resiste à um pacotinho de M&M’s para assistir à um filme no cinema? Pensando nisso, a marca investiu em uma ação de guerrilha super descolada – personalizou um cinema inteiro! As cadeiras ganharam as cores e as formas das bolinhas de chocolate.

mms-no-cinema

Like Buton de Chocolate

Em agradecimento por atingir de 1 milhão de fãs no facebook, a Cadbury construiu uma escultura de chocolate na forma de Like Buton. A ideia é criativa, mas esse caso mostra que nem todo chocolate é doce. Os fãs fizeram duras críticas à marca e a ação de agradecimento acabou virando crise. Motivo? Desperdiço de comida – já que nenhum fã teve acesso à escultura, que aparece somente em um vídeo e não ao vivo, onde poderia ter sido degustada como aconteceu com o outdoor da Thorntons.

 

Timeline antidrogas no Facebook > entenda a ação

timeline antidrogas

Já que o tema da semana aqui no Marketing Drops é Facebook, que tal curtir uma ação inovadora e sensacional?

A McCann Digital usou a timeline do Facebook para contar a história das duas vidas do persona Adam Barak: uma como viciado em drogas e outra longe delas. Tudo no perfil é dividido, justamente para delimitar essa escolha de mão dupla. Conceito arrasador! A ação foi desenvolvida para a Israel Anti-Drug Authority.

Confira o perfil do Adam aqui.

Ação no Facebook - timeline antidrogas
Infelizmente, o perfil não é muito elaborado, conta somente com fotos e legendas. O diretor de criação da McCann Digital (Israel), Daniel Barak (sim! ele é o alterego de ‘Adam’) explicou que uma história mais elaborada, usando vídeos incorporados, check-ins, tweets e etc. iria exigir trabalho em parceria com o Facebook, já que replicar o perfil fake em outras mídias estava fora de cogitação. Eu acho que teria sido sensacional! Imagina acompanhar um check in em uma zona de venda de drogas?!

 

Facebook timeline

 

Em entrevista, Daniel disse: “Depois de construir a linha do tempo 5 ou 6 vezes com diversos recursos, eu decidi que preferia ter uma ideia de trabalho compreensível ao invés de algo muito mais impressionante, mas que  ninguém iria entender.  Por muitas vezes, depois que eu tinha terminado algo, perdia meu trabalho só porque um status mudou para o lado errado da linha do tempo.”

Impossível não se identificar! Quem nunca se deparou com problemas operacionais na hora de executar uma ação?

Quer colocar sua empresa nas redes sociais de maneira estratégica? Entre em contato com Camila Renaux Consultoria em Marketing Digital!

Os filhos surpresa no Facebook > entenda a ação da Olla

A ação de Marketing Interativo da marca de preservativos Olla está dando o que falar e o sucesso é merecido!

O público alvo? Homens jovens. A plataforma? O Facebook.

Esqueça as promoções do tipo aplicativo. Estamos falando de bebês – lindos, fofinhos e todos com o nomes dos papais, acrescidos de Júnior – enviando uma solicitação de amizade. Sim! Seu filho quer ser seu amigo e ele se parece com você. Afinal, haviam três templates de babys: caucasiano, negro e oriental. Surpresa? Nada disso! São os conceitos de comportamento sendo aplicados de forma perfeita. A ação é da AGE/Isobar e o Marketing Drops foi atrás: Afinal, como isso foi feito?

Essa ação não foi obra de engenharia de software de reconhecimento facial. Apesar de parecer super viralizada, a ação alcançou poucos rapazes. Os três sujeitos da imagem abaixo existem de verdade – o Marketing Drops buscou no Facebook – mas as pesquisas não mostraram muitos alvos. Ou seja: a Olla criou os bebês e adicionou perfis muito específicos, pontuais. Ao aceitar o perfil do filho, o usuário encontrava uma única frase no mural: “Evite surpresas como essa, Use preservativos Olla”.

Ação de Marketing Interativo da Olla no Facebook

Os perfis dos bebês não existem mais, mas uma coisa ficou para contar a história. O trabalho impecável da assessoria de imprensa 2.0 que enviou os seletos “prints” das solicitações de amizade para os maiores veículos de mídia do país. Eis a peça estratégica – os formadores de opinião – blogueiros, portais e revistas! Genial!

Se imagina uma mecânica diferente ou então é tão curioso quanto eu, conte sua versão para o Marketing Drops! Afinal, como foi feito o planejamento desta ação que merece o destaque?

Fanwagen – um carro social

fanwagen - a escolha do carro social da volks

 

A Volkswagen lançou uma campanha muito legal na Holanda: uma eleição que escolhe o maior clássico da marca, Fusca x Kombi.

Quem decide são os fãs, na Fan Page da Volks Holandesa no Facebook!

O carro mais votado vai ganhar uma versão social: status de relacionamento na placa, controle da privacidade, impressão de feed e até um botão de cutucar! É tudo inspirado na rede social.

Quando a votação chegar a 20.000 likes e o modelo for escolhido, haverá um sorteio para que um dos participantes ganhe a versão exclusiva – Made by fans. Built on Likes. SENSACIONAL!

O Marketing Drops votou na Kombi, e você? :)

Take this Lollipop no Facebook > entenda a ação

entenda a ação take this lollipop

Não aceite doces de estranhos! Todo mundo já ouviu isso quando criança, pedindo cautela na hora de conversar com quem você não conhece.

A campanha Take this Lollipop usa esse gancho para chamar a atenção do usuário no maior clima de terror. Se você tem medo de adicionar informações pessoais no Facebook, participar da ação vai lhe dar arrepios!

Integração perfeita e efeitos sonoros são méritos da produção. Se ainda não viu, clique aqui para conferir!

Afinal, como isso foi feito?

 

1. Curiosidade

A ação é um teaser – técnica usada para divulgar campanhas publicitárias através de informação enigmática  que gere curiosidade e “provoque” o público para algo que ninguém sabe o que é.

Ingredientes: tela simples, visual clean, frases enfáticas e um “I Dare You”. Mensagens sutis que fazem com que seja impossível resistir a experimentar.

frases enigmáticas da ação take this lollipop

Obs: No Facebook, o aplicativo está classificado como “Programa de TV”.

 

2. Connect with Facebook

Existe uma razão para essa funcionalidade existir que vai além do óbvio “passamos o dia inteiro conectados ao Facebook”. É que nós, seres humanos, somos naturalmente preguiçosos e odiamos nos cansar. Preencher novos perfis levam à quedas absurdas de conversão e conectando através do Facebook e do Twitter perdemos menos tempo e ficamos mais suscetíveis a participar. Outro ponto é o medo de inserir dados pessoais em cadastros. E tem mais: informação vale ouro na web e ao apertar o botão de connect with facebook você acaba permitindo que o aplicativo saiba que você é solteiro e adora balada, por exemplo. Facilita muito a segmentação e as marcas sabem disso!

funcionalidade connect with facebook

 

3. Integração em Flash

O Marketing Drops levou a ação à um especialista em Flash (software de animação vetorial) para que ele ajudasse a desvendar a ação. Entenda como o desenvolvimento é feito:

– É criado um aplicativo para permissão de acesso aos seus dados pelo Facebook;

– Algumas partes do vídeo são deixadas em branco (o nome técnico é placeholder) através de um dos componentes de um frame temporário para serem substituídos pelos prints de suas informações conforme o vídeo é rodado. O mecanismo é simples: ele grava a tela e coloca no lugar do que estava em branco.

Se você se animou para usar esse tipo de ação para sua marca, vale saber: o projeto é complexo e caro, leva tempo para desenvolver e exige uma equipe de conhecimento: filmagem, flash, programação avançada para conseguir pegar as informações e expertise para criar e bolar isso.

Adorou a ação Take this Lollipop?! Então experimente a This is my story também :)

Guerrilha nas paredes

Em busca de ideias simples e eficazes? O Marketing Drops selecionou duas ações que são tudo isso! O manual da guerrilha orienta a causar impacto e uma das sugestões é modificar o ambiente, nestes casos, as paredes! Confiram:

Que tal transformar uma parede de escalada em ‘mídia’ de divulgação do creme contra espinhas ClearEX? Dá um certo nojinho,  mas causa muito impacto. Criativo e baixo custo! Será que a sua marca não precisa de algo assim?

ação de guerrilha com adesivagem de uma parede de escalada

E que tal essa ação de adesivagem 100% brasileira para promover o curso de mergulho do Senai? Um mergulhador colado em paredes com extintores de incêndio e pronto! Impacto criativo com budget pequenininho!

ação de guerrilha com adesivagem

Guerrilheiros, criatividade resiste a qualquer orçamento apertado. Faça acontecer!